10 formas de oferecer Frete Grátis no seu e-commerce



Segundo uma pesquisa realizada pela consultoria ComScore, 55% dos consumidores abandonam o carrinho antes de concluir a compra online porque consideram o frete caro demais. Em contrapartida, 70% deles colocam produtos a mais no carrinho só para ter direito ao frete grátis.


O problema é que alguém terá que pagar pelo frete. Se não for o cliente, terá que ser você, caro gestor de e-commerce. A boa notícia é que costuma valer a pena, pois o frete grátis pode ser fator decisivo na hora da compra. Além do aumento das vendas, e consequentemente do seu faturamento, ele pode proporcionar outros benefícios, como:

  • melhora da competitividade da sua loja no mercado;

  • alavancagem de vendas estagnadas;

  • aumento de tráfego para o site; diminuição das desistências de compra;

  • maior fidelização de clientes.


Apesar disso, sabemos que para lojas de pequeno porte não cobrar o frete pode representar uma drástica redução nas margens de lucro. Por outro lado, se ele for embutido no preço dos produtos, o aumento no valor pode espantar os clientes. Portanto, antes de qualquer coisa, é preciso fazer as contas. Se você consegue absorver os custos e ainda assim ser competitivo, esse é o melhor dos mundos. Para saber mais como alcançar esse objetivo, confira o conteúdo que postamos com estratégias para reduzir o valor do frete no e-commerce.


Além disso, há uma série de táticas que podem ser adotadas para fazer uso desse artifício sem acabar com as finanças. Listamos dez formas diferentes de implantar o frete grátis no seu e-commerce. Confira:


Frete Grátis a partir de determinado valor


Esta é uma forma de elevar o valor do tíquete-médio na sua loja. Você determina um valor mínimo de compras para que o cliente obtenha esse benefício. Por exemplo: frete grátis nas compras acima de 100 reais.


Porém, é necessário ter uma folga na margem para arcar com as despesas da entrega, considerando sempre o pior cenário: o custo do frete para um endereço que muito distante do seu centro de distribuição.


Itens específicos com Frete Grátis


Defina quais são os itens que interessam vender mais e que se enquadrariam na categoria “fáceis e baratos de transportar”. Para esses, você pode pensar em oferecer a modalidade de gratuidade.


Frete Grátis sazonal


Em algumas épocas do ano (como o Natal) as pessoas têm maior expectativa de que as lojas online ofereçam frete gratuito. E definir um período específico para oferta-lo é uma forma de concorrer agressivamente no mercado durante esse momento especial.


Entretanto, nossa dica é que você não comece oferecendo pela primeira vez no Natal. Teste como as coisas funcionam antes, numa data um pouco menor, como o Dia dos Namorados ou Dia dos Pais.


Frete Grátis apenas dentro de um perímetro


Você pode definir uma distância-limite para a entrega gratuita. Por exemplo, apenas para endereços localizados a até 200 quilômetros do seu centro de distribuição. Nesse caso, a mesma lógica pode ser adotada para oferecer a entrega expressa.


Frete Grátis para compradores assíduos


Oferecer gratuidades em diversos formatos é uma maneira de fidelizar o seu cliente e de levá-lo a retornar mais vezes, comprar mais e ainda fazer marketing boca a boca.


Você pode determinar, por exemplo, que após três compras, na quarta o frete é grátis. Ou então disponibilizar uma entrega grátis por mês para aqueles que compram toda semana.


As combinações possíveis são várias. Crie-as de acordo com suas possibilidades, sempre tendo em mente que o importante, nesse cenário, é beneficiar o consumidor que compra frequentemente em sua loja.


Trocas e devoluções com Frete Grátis


Especialmente se você vende um produto que “precisa servir”, como roupas e sapatos, sua política de trocas e devoluções pode ser decisiva. As pessoas se sentem mais à vontade para comprar aquela peça, sobre a qual ainda tinham dúvidas, ao descobrir que não haverá custo de frete caso precisem fazer uma troca ou devolver.


Frete Grátis para quem retira na loja


Esta ideia serve para quem também possui loja física: permitir que o cliente retire o produto sem pagar pelo frete, se o consumidor mora próximo a uma loja física da sua empresa, provavelmente vai preferir retirar na loja visando ter o produto em mãos o quanto antes e não gastar com frete. Note que esta estratégia pode até render mais negócios. Uma vez dentro da sua loja, ele pode querer comprar outros itens.


Cobrança de taxa periódica e Frete Grátis


Se alguém consome regularmente na sua loja, pode se interessar por pagar uma anuidade ou mensalidade para ficar livre de custos de frete, e até receber outros benefícios como descontos e promoções exclusivas, durante o período todo – o que pode leva-lo a comprar mais sabendo que está livre desse custo.


A Amazon joga muito bem com essa arma. Usuários do serviço Prime, que custa R$ 9,90 ao mês no Brasil, têm acesso a frete grátis em milhares de itens na loja.


Frete Grátis para quem cumprir uma ação


Outra ótima saída para poder oferecer frete gratuito ao seu cliente e aumentar suas vendas é detectar alguma ação que você necessita em seu site e negociá-la em troca do frete gratuito. Por exemplo: aumentar o tráfego para o seu site certamente é do seu interesse. Você pode oferecer frete grátis para quem convidar mais três amigos para comprar também.


Usar a criatividade de forma inteligente, detectando o que você pode negociar com seus clientes, é essencial para sair na frente da concorrência.


A loja toda com frete grátis


Este é o modelo mais simples – e também o mais arriscado: oferecer gratuidade a todos os itens da loja. Normalmente, as que adotam esta tática a fazem por um curto período, como 24 horas – por exemplo, na Black Friday.


Pode ser uma maneira interessante de atrair novos clientes para sua base. Mas, antes de se aventurar, faça bem as contas (afinal, quem pagará pelo frete será você). Porém, fique sabendo que o aumento das vendas deve compensar a perda de margem.


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo